Publicado por: bikeanjorio | 23/09/2011

O primeiro Bike Anjo em Niterói

Como as coisas andavam devagar por aqui, estamos aos poucos fazendo tudo andar.

Acabamos de publicar um post com o relato de um Bike Anjo feito por mim, ajudando a Mariana, no Rio de Janeiro (https://bikeanjorio.wordpress.com/2011/09/23/o-primeiro-bike-anjo/).

Este aqui vai para divulgar o Bike Anjo que a Inglid Santana fez em Niterói, com o Marcos e a Karla. A Inglid tem muita experiência, sorte grande do Marcos e da Karla!

Abaixo o relato dela, na íntegra:


Olá colegas arcanjos,

Ontem, no dia Mundial Sem Carro, acessorei meus primeiros anjados aqui na terra de Araribóia. Estreei logo com um casal de anjos.

Marcos e Karla, há pouco mais de um mês, realizam o percurso casa – barcas – casa, de bicicleta. Novatos no mundo das bicicletas, decidiram que esse era um meio de transporte rápido e eficiente para se chegar ao centro de Niterói e foi assim que começaram a pesquisar mais sobre o assunto na internet e chegaram até nós. Ficaram entusiasmados com a proposta do Bike Anjo e nos pediram ajuda. Demoraram 20 dias para serem atendidos e estavam quase desistindo, mas sentiram-se recompensados quando começamos os primeiros contatos por e-mail prestando ajudas iniciais antes do encontro propriamente dito.
Como bike anjo posso dizer que eles demonstraram ter noções claras de como um ciclista deve se comportar no trânsito, tais como: pedalar sempre na mão e de preferência no bordo direito da pista, além de sinalizarem quando fossem seguir reto em uma rua que tivesse um cruzamento, atitudes essas que facilitaram em meu anjado. As demais dicas, na sua maioria simples e desconhecidas dos iniciantes, e que foram propostas a eles, se referem a ocupar 1/3 da pista mantendo assim uma distância segura do meio fio, sinalizar sempre que forem converter para direita ou esquerda e esperar no sinal como qualquer veículo. Importante frizar que segui o roteiro habitual deste casal com algumas pequenas alterações no percurso, por eles aprovadas. No final do dia, combinei com a Karla que a acompanharia de volta para casa em um roteiro por mim sugerido mais tranquilo e agradável. Ela gostou e repetiu no dia seguinte.
Acredito que a dedicação e coragem do casal fazem deles anjados aptos a andar no trânsito com desenvoltura. A experiência de pedalar no trânsito, vem com a prática e assim ficou aberto a eles esse canal de comunicação para esclarecimentos de dúvidas futuras e de uma rede de amigos.

Saudações ciclísticas,
Inglid
Bike Anjo – Niterói, RJ


E uma foto deles:

Por Robson Combat

Anúncios

Responses

  1. Bom dia gente!!! Nossa adorei o projeto e gostaria muito de participar. Moro no Rio de Janeiro, no Cachambi e meu trajeto para o trabalho é curto quando feito de ônibus (levo uns 15 minutos). Queria muito começar a vir de bike porém as ruas de acesso (Av. Suburbana) não possui espaço nenhum para ciclistas por conta das inúmeras linhas de ônibus que passam por lá diariamente.

    Como faço para começar? Já tenho uma bike a e a mesma fica pegando poeira (snif, snif)

  2. Adorei!! Quero um bike anjo pra cuidar de mim tb!!! Aqui em Nikity! cansei de carro… depois de 17 anos dirigindo, cansei do trânsito! O esquema é acostumar a andar de bike pela cidade…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: